2008-04-21

..."A obra é assim um processo da relação do corpo, da vida com um espaço aberto, ficcional, aéreo ou impossível.O lugar em si não existe afinal, porque quando derramamos sobre a terra essa sede irrecusável em partilhar ou devolver o que de facto só nos pertence, no instante em que o oferecemos aos outros, estaremos finalmente livres.” Francisco Sousa (este excerto refere-se à obra de Graça P. Coutinho patente na G7)

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home